Rio de Janeiro

25.2.14

"Cidade Maravilhosa,
Cheia de Encantos mil!" 



Com o frio que - ainda -, se faz sentir, hoje deu-me uma vontade colossal de fazer as malas e voar para os trópicos, para onde o calor não tem fim. Talvez por isso tenha escolhido o Rio de Janeiro como o meu destino mental e, embora não tenha aterrado, sinto-me liberto e cheio de garra, tal como só eles sabem ter.
 
Após uma breve pesquisa, o Rio é a segunda maior metrópole do Brasil, está situada no sudoeste do país e é, nada mais nada menos, a cidade brasileira mais conhecida no exterior com maior rota do turismo internacional no Brasil e o principal destino turístico na América Latina e em todo Hemisfério Sul. Considerada como a "Cidade Maravilhosa" tem como população os denominados Cariocas. Felizmente, em 2012, a paisagem urbana da cidade foi considerada Património Cultural da Humanidade pela UNESCO.
 
 
 
Agora que sabemos um pouco mais acerca desta tão calorosa cidade podemos é tempo começarmos a fazer o nosso pequeno e virtual roteiro. São vários os principais ícones brasileiros e que fazem com que as visitas se tornem como que obrigatórias. De facto, todos temos uma ideia pré-concebida no que concerne ao Rio. Rio não é só praia. Rio é samba. Rio é Futebol. Rio é Cultura.

<br>

Cristo Redentor

Os Cariocas intitulam-No como a "Maravilha do Rio" e, o que é certo, é que é o principal cartão de visita da cidade. Situado no alto do morro do Corcovado, a 700 metros de altitude, possibilita ter uma vista panorâmica de grande parte da cidade. É possível fazer a viagem para lá chegar através de Van - autocarros -, ou de comboio. Inaugurada em meados de 1931, esta é considerada a maior estátua com estilo art déco do mundo, com cerca de 30 metros de altura, 28 de largura e com 1145 toneladas.


Jardim Botânico

Criado por D. João VI em 1808, este jardim contempla cerca de oito mil espécies de flores e plantas do Brasil. Todavia, são as palmeiras imperiais da época da fundação que nos focam a maior atenção. A estufa com plantas insetívoras e o orquidário, com mais de três mil exemplares de 600 espécies é dos espaços mais visitados. Embora seja um metrópole, o Rio de Janeiro consegue chegar a todos e oferecer o mesmo a todos isto porque, este Jardim, detém um Jardim Sensorial feito especialmente para pessoas portadoras de deficiência visual havendo inscrições em braile e plantas selecionadas para poderem ser tocadas.

 
 

Pão de Açúcar

Aventura tem o seu início minutos antes de chegar de chegar ao cume do morro, a cerca de 400 metros acima do mar. A viagem é feita num teleférico  envidraçado que apresenta detalhes e ângulos únicos da perfeita geografia carioca. É uma viagem faseada, com duas etapas. A primeira paragem é feita no Morro da Urca, a 220 metros de altitude. Dali, são capazes de avistar a Baía de Guanabara e a Enseada de Botafogo. A segunda e última etapa, é possível avistar grande parte da orla da Zona Sul e de Niterói. Após ter lido alguns dos comentários vi que vale a pena subir ao Pão de Açúcar no final do dia para poder apreciar o pôr-do-sol ou à noite, para ver as luzes da cidade e para poder aproveitar um pouco da noite carioca.
 

 
 

Maracanã

Após ter sido reformulado, o novo Maracanã foi reaberto em abril de 2013. Mais que um monumento desportivo, o estádio é um atrativo cultural e turístico que recebe visitantes até mesmo em dias em que não há jogos. Para os apaixonados por futebol há tours guiados a todo o estádio, incluindo ao Hall da Fama - onde estão as marcas dos pés de jogadores famosos - e ao Museu do Futebol, com fotos e imagens dos mais brilhantes jogos no maior estádio do mundo.

 
 
 
 

Santa Teresa

Santa Teresa é um dos cenários mais pitorescos do Rio de Janeiro e situa-se no alto de uma colina recortada pelos trilhos do velho bondinho elétrico, que, estima-se, voltará a circular pelas ruas estreitas do bairro em 2014, segundo o Governo do Estado. Repleta de largos e espaços culturais que revelam paisagens das zonas Norte, Sul e Centro, ‘Santa’ dispõe de ateliers, lojinhas de artesanato, bares e restaurantes. Um dos prédios mais importantes é o Convento de Santa Teresa, erguido em meados do século 19 e que deu nome ao bairro. Quem optar por chegar até lá a pé, terá a oportunidade de conhecer a mais famosa escadaria da cidade – a Selarón, com 215 degraus cobertos de mosaicos de cerâmica nas cores verde, amarelo e azul.

 
 
 

Cidade do Samba

A Cidade do Samba garante o clima de Carnaval o ano inteiro. O parque temático ocupa uma área de 114 mil metros quadrados na zona portuária e abriga os armazéns das principais escolas de samba do Rio de Janeiro. Através das oficinas é possível acompanhar de perto a produção de carros alegóricos e de todas as fantasias. Nas noites de quinta-feira, um espetáculo dirigido pelo coreógrafo Carlinhos de Jesus reúne passistas, ritmistas, baianas e casais de mestre-sala e porta-bandeiras termina com um mini-desfile de Carnaval. 

 

Sambódromo

Batizado como Avenida dos Desfiles e inaugurado em 1984 o Sambódromo recebe visitantes o ano inteiro, que se contentam em apreciar avenida do samba, de 'apenas' 700 metros, completamente vazia. A Praça da Apoteose serve de pano de fundo para as fotografias de recordação.



 

Mirante Dona Marta

A 360 metros de altitude, o mirante descortina o Pão de Açúcar, o Maracanã, a Baía de Guanabara e o Cristo Redentor. O acesso de carro é feito pela Estrada das Paineiras. O movimento de pessoas tende a ser menor nos fins-de-semana

 

Vista Chinesa

A construção de estilo oriental fica a 380 metros de altura no meio da Floresta da Tijuca, possibilitando uma das mais bonitas vistas da cidade, tendo o Cristo, a Lagoa, o Pão de Açúcar e as praias da zona Sul como pano de fundo.

 
 
 

Museu Internacional de Arte Naïf do Brasil

Situado num belo casarão do século XIX, dispõe do maior e mais completo acervo do país. São seis mil peças de artistas de 130 países, nas quais predominam as cores vivas, os traços irregulares e os temas bucólicos, características típicas deste tipo de arte.

 

 Fundação Eva Klabin

A antiga residência da própria colecionadora Eva Klabin abriga obras de arte reunidas por ela ao longo de 70 anos. O espólio, bastante diversificado, é constituído por mais de duas mil peças vindas de quatro continentes e reunidas por temas. Nos vários ambientes da casa-museu podem ser apreciados trabalhos de origem egípcia, grega e chinesa, além de pinturas, esculturas, pratas, mobiliário e tapetes. Funciona exclusivamente com visitas guiadas.
 


 

  • Share:

You Might Also Like

1 Pieces

  1. Incluiria ai o pôr do sol do Arpoador! É um dos mais lindos que já vi em toda a minha vida..rs
    Beijnhos
    :)

    www.ericacruz.com.br

    ResponderEliminar

Muito obrigado pelo comentário. A vossa opinião é sempre muito importante e ajuda-me a melhorar!
Após aprovação responderei nos vossos blogs.
Espero que voltem!



Sigam todas as novidades aqui:
Instagram × Facebook Oficial Page × Pinterest